27/11/2017

Universo Vestibulares

Postado por Equipe de Marketing

0

Você está prestes a terminar o ensino médio ou já concluiu tudo o que tinha para ser feito e está pensando em encarar o tão sonhado ensino superior. Assim que começou a pensar no assunto, já entendeu que precisa definir aproximadamente um curso ou alguns cursos dentro da área que pretende ter como profissão. Só que ainda não sabe se este ensino vai ser feito em uma universidade ou faculdade. Afinal, qual a diferença entre universidade e faculdade? A partir de uma classificação do MEC (Ministério da Educação), o Vestibulares vai explicar direitinho o que cada tipo de instituição oferece. Preparado?

Três classificações

É importante saber que o MEC separa as instituições de ensino superior em três classificações: universidades, faculdades e centros universitários. Antes de mais nada é preciso explicar que toda instituição de ensino superior é inicialmente uma faculdade, pois universidades e centros universitários são complexos formados por diversas faculdades. Mas o que deve ser levado em consideração em sua escolha? Depende do que você deseja fazer com sua carreira.

Por que escolher uma universidade?

Se sua ideia principal for seguir uma carreira acadêmica, ou seja, após o término do ensino superior, sua meta é fazer pós-graduação ou mesmo mestrado e doutorado, a universidade é um pouco mais indicada por contar com áreas de incentivo à pesquisa. Isso não quer dizer que, caso você esteja fazendo faculdade você também não possa continuar seus estudos. Mas para área acadêmica, quanto mais envolvido em pesquisa você estiver, melhor para o seu currículo. #FicaDica. Mesmo com foco maior em pesquisa, a universidade também habilita o estudante para o mercado trabalhar. Além disso, a universidade conta que, entre seus professores, um terço ou mais tenha mestrado e doutorado. Muitas parecem uma cidade pequena: tem biblioteca, alojamento para estudantes, diversas faculdades, áreas de conveniência, entre outros atrativos. São também grandes polos formação em pós-graduação, mestrado e doutorado. Pode criar cursos de acordo com a demanda, com liberdade, sem a necessidade de uma autorização do MEC.

Porque buscar um centro universitário

O centro universitário também é uma boa escolha tanto para quem quer seguir a carreira acadêmica quanto para quem deseja entrar feliz no mercado de trabalho. Costuma oferecer diversos cursos (talvez um pouco menos que as universidades). Além disso, o centro universitário não tem obrigação com a pesquisa e, por isso, não necessariamente, oferece a possibilidade de fomento na área. Também longe de sua obrigação, alguns podem trazer unidades de pós-graduação, mestrado e doutorado, para a continuidade dos estudos acadêmicos. Assim como a universidade, também tem autonomia para a criação de novos cursos, caso surja a necessidade, sem a necessidade de aprovação do MEC.

O que a faculdade oferece

A faculdade oferece mais possibilidades para quem deseja se profissionalizar em algum mercado de trabalho específico. A diferença, para os modelos anteriores é que a faculdade nem sempre está tão comprometida a investir em pesquisas e não tem obrigação nenhuma quanto a isso. Diferentemente da universidade e de alguns centros universitários, a faculdade costuma ser focada exclusivamente em uma área do conhecimento e precisa da autorização do MEC para criar novos cursos. Algumas faculdades, no entanto, também contam com áreas de conveniência, biblioteca e outros serviços oferecidos aos alunos.

Para saber como escolher a instituição

Agora que você já sabe a diferença principal entre universidade e faculdade, resta saber como escolher a instituição de ensino que melhor se encaixa em seu perfil de estudante. Para facilitar o processo, o MEC traz em uma página especial todas as instituições públicas e privadas de ensino superior. Para saber em qual das três classificações a unidade que você escolheu está, basta acessar ao site do MEC E aí, está pronto para viver um dos melhores períodos de sua vida? Vá em frente!