29/01/2018

Universo Vestibulares

Postado por Equipe de Marketing

1

Você sabe o que aconteceu na Proclamação da República no Brasil? E quando e por que a Primeira (e a Segunda também) Guerra Mundial foi deflagrada? Saber os grandes acontecimentos históricos do Brasil e do mundo é muito importante para as provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e para quase todos os vestibulares que exigem conteúdo da disciplina. Por isso, nós do Vestibulares separamos em alguns tópicos (para ficar mais fácil!) o que estudar de história para o vestibular e Enem. Confira os principais temas e prepare os resumos!

 

Revolução Industrial

A Revolução Industrial marcou certamente um novo modelo de relações comerciais no mundo todo. Foi com ela que coisas como a criação e desenvolvimento da classe operária, a hierarquia em empresas e o crescimento de grandes cidades aconteceu. Começou em aproximadamente 1720, com o advento da máquina a vapor na Inglaterra, dividida em duas fases, e foi concluída no final do século XIX.

Grandes desenvolvimentos aconteceram com a Revolução Industrial, como a invenção da eletricidade e também dos motores. Vale fazer um grande recorte de todas as mudanças no mundo, bem como da hegemonia inglesa à passagem do poder para a América do Norte e Ásia.

 

Revolução Francesa

Da insatisfação da população com o país falido, milhões gastos em guerras à queda da Bastilha, a Revolução Francesa aconteceu principalmente devido ao pedido do povo para o fim de privilégios e a igualdade de direitos entre todos as pessoas. Entre os assuntos do país à época, como a divisão do poder em clero, nobreza e povo, o regime político sobre o absolutismo do rei e ascensão da classe burguesa, entre outros, a Revolução Francesa foi além de seu juramento de liberdade, igualdade e fraternidade.

 

Primeira Guerra Mundial

A Primeira Guerra Mundial, com suas consequências, devastou muitas famílias, com milhões de mortos. Além disso, tornaram os Estados Unidos o país mais rico do mundo, acabando com a dominação europeia e fazendo com que novos países fossem criados e outros desaparecessem. É importante contextualizar todos os assuntos, como motivos, vitórias, países em ascensão e a decadência de outros e pessoas que chegaram ao poder.

 

Segunda Guerra Mundial

Divididos entre os grupos Aliados, formado por Inglaterra, URSS, França e Estados Unidos, e Eixo, formado por Alemanha, Itália e Japão, a Segunda Guerra Mundial foi deflagrada em 1939, quando a Alemanha invadiu a Polônia.

A Alemanha conquistou, nessa fase, o norte da França, Iugoslávia, Noruega, Polônia, alguns lugares da África e Ucrânia. Em contrapartida, o Japão conquistou a Manchúria, e a Itália, por sua vez, a Albânia e territórios da Líbia. Destaque para o ataque de Pearl Harbor e também sobre a participação do Brasil na guerra, que enviou 25 mil soldados para a Itália. Toda a trajetória da Segunda Grande Guerra (como também ficou conhecida) tem que ser repassada. Fique atento, pois é uma das principais matéria do que estudar para história.

 

Ditadura Militar brasileira

Sem liberdade de expressão e sem o direito de ir e vir. Assim foram os anos entre 1964 e 1985, mais conhecido como o período da Ditadura Militar Brasileira. Pessoas desapareceram, outras deixaram de viver no país (principalmente músicos, libertários e figuras políticas) por lutarem contra o golpe militar, que foi instaurado para, supostamente, barrar a entrada do comunismo no país.

Vale a pena lembrar que a Ditadura Militar é peça essencial de ambos os exames, portanto do que estudar de história para o vestibular e Enem, foque em todos os aspectos deste período funesto para o Brasil, bem como relacioná-lo com o período atual do país.

 

Guerra do Golfo

A Guerra do Golfo teve primordialmente o envolvimento de três nações: Estados Unidos, Kuwait e Iraque. Sob o comando de Saddam Hussein no Iraque, o país acusou o Kuwait de fazer uma política de extrema desvantagem sobre a extração de petróleo em demasia por parte dos Estados Unidos.

Muitos mortos e muito dinheiro perdido depois de quase um ano levaram ao cessar fogo dos EUA e do Kuwait sobre o Iraque. Tarde demais para quem teve o ataque de mísseis, pela primeira vez, transmitidos ao vivo pelas TVs em todo o mundo. Sobre a Guerra do Golfo, professores recomendam que deve ser feito um paralelo sobre a situação econômica do Iraque até os ataques terroristas sofridos por todos os lados.

 

11 de Setembro: o ataque às Torres Gêmeas e ao Pentágono

Uma bela manhã de terça-feira seria normal se dois aviões não tivessem batido nas Torres Gêmeas do World Trade Center, em Nova York. De autoria de membros do Al-Qaeda, o ataque terrorista envolveu 19 suicidas que sequestraram quatro aviões comerciais. Além dos dois que bateram no WTC, outro caiu no Pentágono e o quarto em um campo aberto em Shanksville, na Pensilvânia.

Faça um grande resumo sobre as ações terroristas ligadas a essa, sobre a dominação e treinamento dos atacantes pelo próprios norte-americanos, bem como tudo o que mudou nos EUA e no mundo depois do 11 de setembro. Não tem erro!

 

Manifestações no Brasil e impeachments

Do cenário da Proclamação da República às manifestações ocorridas no país na atualidade: é importante passar por todos os aspectos econômicos, culturais e sociais sem deixar nada de lado. Os motivos para os impeachments (de Fernando Collor e Dilma Rousseff), bem como a trajetória política dos presidentes e a ascensão e queda de popularidade de Michel Temer e suas novas medidas; o povo nas ruas (caras-pintadas) e manifestantes da atualidade, além de uma volta ao movimento Diretas Já em 1985, nada deve ficar de fora dos estudos que envolvem a história do Brasil e o momento atual.

 

Achou muita coisa o que separamos no nosso artigo sobre “O que estudar de história: vestibular e Enem”? Confira também outros guias que fizemos com matemática, português, geografia e inglês.