09/02/2018

Ajuda Financeira

Postado por Equipe de Marketing

2

Seja para concluir o ensino superior - interrompido por falta de dinheiro ou algum problema pessoal - ou mesmo fazer uma segunda graduação, um planejamento financeiro para voltar a estudar é mais que necessário para que nada saia do controle. Afinal, despesas com mensalidades e custos adicionais com materiais, livros, lanche, transporte, entre outros, devem ser considerados para não quebrar seu orçamento pessoal.

Por isso, separamos formas possíveis de economizar uma grana e conseguir conquistar seu sonho, seja em qualquer um dos casos citados acima. Dá só uma olhada e veja qual se encaixa melhor na sua realidade!

 

Fuja dos empréstimos

Se você está atrás de crédito para voltar a estudar, cuidado com empréstimos oferecidos por instituições financeiras. Os juros cobrados nessa modalidade de crédito normalmente são bastante altos, fazendo com que você pague quase o dobro do valor financiado. Uma alternativa mais saudável - financeiramente falando - é verificar com a própria instituição de ensino onde você pretende estudar se ela possui algum programa de bolsas de estudo ou mesmo parceria com algum banco para oferta de financiamento estudantil, modalidade que costuma prever uma taxa de juros mais baixa e melhores prazos para pagamento de acordo com o perfil do aluno.

 

Pague suas compras à vista

Trabalhar com o dinheiro que você realmente tem é a melhor forma de controlar seus gastos para voltar a estudar. Assim, sempre que for comprar alguma coisa, opte por pagar à vista. É claro que nem sempre é possível e isso depende diretamente do que você está comprando. Mas vale fazer o esforço de que pelo menos a maioria de seus novos itens seja paga na hora da compra. Comprar em parcelas, por mais que seja sem juros, só prolonga o gasto de dinheiro.

 

Tenha seus gastos sob controle

Mantenha todos os seus gastos anotados e controlados. Gastar dinheiro à toa é muito fácil, principalmente com itens de menor valor. Mas é aí que mora o maior perigo: no final do mês, os gastos pequenos acabam gerando uma grande soma, o que acaba impactando de forma significativa em seu orçamento. Por isso, atenção aos excessos com coisas supérfluas e aparentemente pequenas, pois elas podem sim comprometer seu equilíbrio financeiro.

 

Assuma o compromisso mensalmente

Quando não temos um compromisso fixo de pagamento, a tendência é gastarmos mais dinheiro com coisas supérfluas ou firulas, sem nos importarmos muito com isso. Mas quando você tem que pagar a faculdade ou universidade com dinheiro do seu bolso, a coisa muda. Esses gastos tem que ser minimizados ao máximo em prol da sua prioridade maior - que são os estudos, certo? Claro que você pode se presentear de vez em quando ou mesmo fazer um agrado a alguém. Voltar a estudar não se trata só de privação, mas de organização financeira. Por isso, organize seus bolso e aproveite seus dias de aluno!

2 Comentários

To prevent automated spam submissions leave this field empty.
Já caí na cilada dos gastos descontrolados com pequenas coisas (Supérfluas), e só quem caiu em tais ciladas sabe que valor tem e quão importantes são essas dicas! Parabéns pela postagem e obrigado pelas dicas!
Por favor, qual é o valor de desconto na segunda graduação.