27/11/2017

Universo Vestibulares

Postado por Equipe de Marketing

0

Render mais em um dia de estudos ou trabalho certamente começa com a noite anterior: esta deve ter sido de sono tranquilo e profundo. Afinal, ser mais produtivo, ter mais tranquilidade no aprendizado, armazenar e compreender informações com mais facilidade são resultados totalmente impactados por quanto seu corpo e sua mente estão descansados. Especialistas inclusive afirmam que, em casos de noites mal dormidas, o corpo não fica recarregado o suficiente para enfrentar um novo dia de tarefas. Além disso, há o risco de, a longo prazo, a pessoa que dorme mal ter problemas cardiovasculares, doenças degenerativas e aumento de problemas respiratórios.

Um sono de qualidade

 

Por isso, algumas iniciativas são fundamentais para melhorar a qualidade de seu sono. Confira!

Deixe de lado o celular e a TV

Saber as últimas novidades das redes sociais ou mesmo assistir ao seu seriado preferido no quarto, antes de dormir é altamente prejudicial para a qualidade de seu sono. Por isso, desligue de seu celular e não pense em ligar a TV no quarto. O computador também não vale: para que o corpo comece a relaxar, faça isso fora do ambiente em que irá dormir, com no mínimo 30 minutos de antecedência de entrada e permanência no quarto. Aproveite também estes 30 minutos para preparar o ambiente para uma noite de sono tranquila. Deixe as luzes um pouco mais fracas, deite em sua cama e procure pensar em coisas boas e relaxantes para que seu cérebro também se desligue um pouco. Isso ajuda a diminuir a agitação antes de dormir.

Veja também:

Rotina de estudos: crie a sua e se saia melhor em tudo
Prova do vestibular: saiba como relaxar e perder o medo

Procure dormir e acordar no mesmo horário

Acostumar seu corpo a dormir sempre no mesmo horário e também a despertar todos os dias na mesma hora faz com que este mantenha uma rotina de sono. Além disso, não se esqueça que a recomendação é dormir aproximadamente oito horas de sono diárias. E se, mesmo dormindo entre sete e nove horas por dia, você ainda se sente cansado, talvez o problema possa estar no seu dia a dia. Segundo especialistas, é importante colocar em prática algumas ações - que são pequenas e pontuais, mas que fazem uma grande diferença na sua noite de sono: Não tome café menos de três horas antes de dormir; Faça exercícios físicos (evitar fazer duas horas antes do horário de dormir); Beba bastante água durante o dia; Não faça refeições gordurosas nem exageradas um pouco antes do horário de dormir; O consumo de bebidas alcoólicas também atrapalha o sono. Cuidado!

Tente organizar seu dia a dia

Procure ter os afazeres - principalmente os rotineiros, todos organizados. Assim, o estresse de ter deixado de fazer alguma coisa ou mesmo de fazer coisas demais durante o dia, dificilmente acontecerá. Aliás, procure por uma válvula de escape que permita que você se desligue totalmente. Pode ser uma boa música relaxante, automassagem nas têmporas e mãos ou um bom chá.

Não estude até a hora limite

Da mesma forma que não é indicado fazer exercícios, tomar bebidas estimulantes ou assistir muita televisão, estudar antes de deitar deixa você ligado. Procure dar um intervalo de 30 minutos sem pensar em nada, para que o cérebro comece a relaxar.

Evite dormir durante o dia

Se você tem tempo para isso e está acostumado a dormir durante o dia, evite essa prática. Dormir durante o dia tira suas horas de sono do horário em que deveria ser o correto para o seu corpo descansar. No entanto, tirar um cochilo (praticamente relaxar e descansar os olhos) por uns 15 minutos pode ser altamente produtivo para continuar a estudar ou trabalhar.